12.5 C
Brasília
sexta-feira, maio 20, 2022
spot_img

“Não vou deixar o Lula ganhar essa na lambança”

Ciro Gomes disse ao Estadão que não mudou seu plano de disputar a presidência da República em 2022 após Lula tornar-se elegível.

Há duas tarefas: A primeira é derrotar o Bolsonaro e, neste sentido, todos os democratas – pouco me importa se são de direita, de esquerda, de centro, se são de Marte, de Vênus, de Mercúrio –, todos temos a responsabilidade de criarmos um ambiente para isso. Segundo, é grande a necessidade estratégica deste momento. Eu não vou deixar o Lula ganhar essa na lambança. É construir o futuro e, infelizmente, neste sentido a largueza que eu sonho não é possível pelas nossas diferenças.

O pedetista também foi questionado sobre o inquérito aberto pela Polícia Federal para investigar Ciro Gomes pela suposta prática de crime contra a honra de Jair Bolsonaro

Fonte: O Antagonista

Compartilhar

relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui