27.5 C
Brasília
segunda-feira, maio 16, 2022
spot_img

NÃO RECUEM!

Manifestantes protestam em frente à sede da Enel contra quedas de energia, em Goiás

Empresários e consumidores reclamam de prejuízos provocados pela instabilidade no sistema elétrico

Um grupo de empresários e consumidores protestou nesta segunda-feira (4) em frente à sede da Enel Distribuição Goiás, no Setor jardim Goiás, em Goiânia. Com cartazes e um caixão, eles pediam melhoras nos serviços prestados pela empresa, que passa por instabilidades desde o fim do mês passando, apresentando piora após a ventania registrada no Estado na última sexta-feira (1º).

Reportagem do Jornal Anhanguera 2ª Edição exibida nesta segunda-feira (4) mostrou que uma escola calunga em Monte Alegre, na região Norte de Goiás, ficou cinco dias sem energia. Após esse período, voltou apenas em meia-fase. Nesse prazo, produtos que seriam usados nas merendas das crianças acabaram se perdendo.

Em Santo Antônio do Descoberto, a população ficou 24 horas sem luz depois de um temporal. Comerciantes relataram a perda de produtos que precisavam de refrigeração.

Em resposta, a Enel informou que, em Monte Alegre, a rede foi atingida por raios e quedas de árvores, o que provocou o rompimento de cabos. A empresa alegou também que a região é de difícil acesso, o que atrapalha o rápido restabelecimento da energia.

Sobre Santo Antônio do Descoberto, a concessionária também relatou o rompimento de cabos. A companhia informou que equipes estão fazendo a poda de galhos que atrapalham as fiações e substituindo cabos por outros mais resistentes.

Ventania em Goiânia

A ventania que atingiu Goiânia na tarde da última sexta provocou uma nuvem de poeira. Motoristas que trafegavam pela BR-153 tiveram que tomar cuidado, já que alguns veículos chegaram a ser encobertos.

A nuvem de poeira pôde ser vista em vários pontos da cidade e leitores do POPULAR fizeram registros em fotos e vídeos no Centro, Vila Nova, Universitário, Bueno, Jardim Novo Mundo, Portal do Sol, Jardim América, Negrão de Lima, Sul e Gentil Meireles.

Os ventos fortes causaram estragos na rodoviária de Goiânia. Algumas lojas tiveram fachadas avariadas. Árvores caíram em alguns setores e atrapalharam o fluxo do trânsito no local.

O vento forte também causou danos à rede elétrica de Goiânia e, conforme a Enel Distribuição Goiás, impactou o fornecimento de energia em alguns bairros. “A companhia iniciou imediatamente manobras na rede por meio de equipamentos telecontrolados, para recuperar o maior número possível de clientes. Adicionalmente, o número de equipes emergenciais em campo já está sendo ampliado e técnicos trabalharão ininterruptamente para restabelecer o serviço a todos os clientes impactados o mais breve possível”, informou a empresa em nota na ocasião.

Compartilhar

relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui