Kajuru afirma que reação da sociedade frente à corrupção está mudando as instituições

O senador Jorge Kajuru (PSB-GO) apoiou nesta segunda-feira (1º), em Plenário, declaração do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, para quem a reação da sociedade contra à corrupção está mudando as instituições do país. Ao participar do debate na sede do jornal O Estado de S.Paulo, nesta segunda, para discutir as operações Lava Jato, do Brasil, e a Mãos Limpas, da Itália (do início dos anos 1990), Barroso disse que “ninguém assume culpa no Brasil e todo mundo se diz perseguido pela Justiça”, relatou Kajuru.

— Segundo suas palavras, entre aspas: ‘O arrependimento sincero é o pressuposto da salvação. Eles não se arrependem. O sujeito é fotografado, filmado e diz que está sendo perseguido’, fecha aspas — disse Kajuru.

Para o senador, a sociedade reagiu e passou a exigir a punição dos corruptos pela “demanda por integridade, por idealismo e por patriotismo”.

Bolsonaro

Kajuru respondeu a questionamentos feitos por internautas sobre a falta de críticas dele ao governo do presidente da República, Jair Bolsonaro. Segundo o senador, o presidente passa por problemas físicos, em razão do atentado que ocorreu ainda nas eleições, no ano passado, e por isso enseja uma postura menos crítica em relação à gestão.

O senador informou que, após os primeiros 100 dias de governo, essa postura mudará. Ele disse que elogiará o que for bom e criticará aquilo que não for positivo para o povo brasileiro.

— E permito, desde já, fazer ao presidente da República uma humilde recomendação. Está na hora, presidente, de deixar para trás a campanha. O momento agora é o de superar divergências e buscar consensos — afirmou.

Agência Senado 

Compartilhar
  1. Pra acabar com o olho grande do corrupto, basta criar a portabilidade da capitalização. Não possa sacar, mas possa levar para onde quiser: corretoras, bancos, titulos do governo, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *