22.5 C
Brasília
segunda-feira, maio 23, 2022
spot_img

Helio Telho e o ‘paradoxo’ de Gilmar

No Twitter, o procurador federal Helio Telho comentou da seguinte maneira a performance de Gilmar Mendes no julgamento da suspeição de Sergio Moro:

“Gilmar, que já havia votado, retomou a palavra para, a pretexto de reiterar o voto, fazer verdadeira sustentação oral, como se advogado de defesa fosse, com direito a empostação de voz, gestos e outros arroubos de oratória”.

E o procurador acrescentou: “Paradoxalmente, em causa o tema imparcialidade do juiz”.

Realmente, ninguém melhor que Gilmar para julgar a imparcialidade de outros magistrados.

Fonte: O Antagonista

Compartilhar

relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui