Goiás tem três cidades sem caso confirmado de Covid-19

Secretarias de Saúde apontam a conscientização da população como uma das principais formas de conter o coronavírus nos municípios. Ao todo, estado possui mais de 93,9 mil pessoas contaminadas.

Dos 246 municípios de Goiás, apenas três não têm casos confirmados de Covid-19 até esta quinta-feira (13). As Secretarias Municipais de Saúde afirmam que barreira sanitária, uso de máscara e conscientização da população foram as armas para conseguir o resultado. Desde março, quando se registrou o primeiro caso no estado, mais de 93,9 mil pessoas foram infectadas e 2.135 morreram.

Os três municípios sem caso confirmado são:

  • Sítio da Abadia, com 2.989 habitantes
  • Novo Planalto, com 4.495 habitantes
  • Água Limpa, com 1.850 habitantes

Em Novo Planalto, no norte do estado, a secretária de Saúde, Alana Avelar, diz que o engajamento dos moradores foi um fator muito importante. “Foi feito um decreto de uso obrigatório de máscaras e graças a Deus a nossa população é bem consciente e está obedecendo a determinação”, disse.

Em Água Limpa, no sul de Goiás, a população também se preocupou com as medidas de prevenção. “Eu não saio mais na rua, nem na igreja eu estou indo”, disse a comerciante Lázara Marilda Miranda.

A administração municipal adotou ainda outras medidas para evitar que o coronavírus chegasse a Água Limpa. “A gente instalou uma barreira sanitária no município, ficou por 45 dias essa barreira sanitária. Nós orientamos essas pessoas sobre o uso da máscara e de álcool gel”, disse a secretária de Saúde da cidade, Divina Lúcia Silva.

Água Limpa não tem nenhum caso confirmado de Covid-19 — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Divergência de dados

O sistema da Secretaria Estadual de Saúde (SES) aponta que, até essa quinta-feira (13), seis cidades estão sem casos confirmados. Entretanto, dessas, três afirmaram que tiveram erro na comunicação dos dados ou registraram casos recentes e, por isso, as informações ainda não foram repassadas ao estado.

A SES explicou que as diferenças nos dados devem ser atualizadas pelos próprios municípios no sistema oficial de notificação, que precisa ser atualizado diariamente. A secretaria disse ainda que se disponibiliza a orientar as equipes municipais caso seja necessário.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ir para a barra de ferramentas