27.5 C
Brasília
segunda-feira, maio 16, 2022
spot_img

E O MAIS GRAVE. A ORIGEM DO FOGO PODE SER CRIMINOSA

Incêndio na Chapada dos Veadeiros atinge área que equivale a 13 mil campos de futebol em dois dias

Segundo ICMBio, 50% de área foi perdida tanto dentro quanto fora do Parque

A área atingida por incêndio na Chapada dos Veadeiros aumentou em dois dias de 23 para mais de 36 mil hectares, equivalentes aproximadamente 36 mil campos de futebol, até esta sexta-feira (24). Segundo informações do Instituto Chico Mendes de Preservação da Biodiversidade (ICMBio), pode-se dizer que foram 50% de área perdida dentro do parque e outros 50% na região do entorno.

O incêndio que afeta a região desde o dia 12 de setembro, chegou ao Parque Estadual na noite da última segunda-feira (20).

Chuvas isoladas na região da Chapada ajudam no combate, diz bombeiros

O Corpo de Bombeiros informou que chuvas isoladas ajudaram no combate ao incêndio na noite de quinta-feira (23). E na tarde desta sexta-feira (24), voltou a chover na região. O ICMBio informou, que 103 brigadistas continuam monitorando o local para possíveis casos de reignição.

PUBLICIDADEhttps://a085596e1f3fba3cd4e747611d2831eb.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A chuva ajudou a reduzir a intensidade dos focos nessa madrugada e chegou a extinguir alguns. Resta apenas uma frente do Encontro das Águas, e esse foco é novo sendo verificado ontem, proveniente de uma reignição naquela área e a equipe dos bombeiros de Goiás vai empregar junto ao efetivo dos bombeiros do DF”, disse o coordenador da força-tarefa, capitão do Corpo de Bombeiros de Goiás (CBMGO), Luiz Antônio Dias Araújo.

Segundo o capitão uma das maiores dificuldades dos bombeiros era as condições climáticas da região. “Temperaturas altas e a umidade relativa do ar muito baixa, além do  vento que já chegou a ter rajadas de 49,5km/h e isso estava atrapalhando o combate e aumentando a propagação”, explica.

Investigações sobre incêndio criminoso na Chapada dos Veadeiros

A Polícia Civil tem cinco inquéritos abertos para apurar quem ateou fogo à região e já identificou três pessoas responsáveis, que devem responder por crime contra a incolumidade pública. A situação levou a Prefeitura de Alto Paraíso de Goiás a decretar estado de emergência ambiental.por taboolaLinks promovidosVocê pode gostarBolsonaro está na UTI e foi intubado, diz Flávio à imprensa – Mais GoiásTênis Caterpillar café 3x de R$59,97 sem juros. Compre agoraTênis CaterpillarTrês meses após polêmica, Seu Waldemar volta ao InstagramTrês meses após polêmica, Seu Waldemar volta ao InstagramMarconi Perillo é preso pela Polícia Federal, em GoiâniaLançamento tênis Caterpillar militar. Apenas R$179.90Tênis Caterpillar

O coordenador da força-tarefa, Luiz Antônio Dias Araújo acredita desde o início, que o fogo é resultado de uma ação criminosa na região e que deve ser investigada pela Polícia Civil. “Há ação de incendiários aqui na região”, disse.

Incêndio na Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso

Cerca de 100 turistas ficaram ilhados em meio a incêndio na Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso. As chamas, que atingem a  região do Vale da Lua, tiveram início na tarde do último domingo (12). Um turista que estava no local precisou de atendimento médico após sofrer queimadura leve em um dos pés.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os turistas relataram que o incêndio teve origem próximo à margem do rio. Com isso, formou-se duas linhas de chamas: uma que atingiu a região do Vale da Lua e subia em sentido aos estacionamentos e outra que se alastra para uma serra.

Compartilhar

relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui