CPI de Brumadinho ouve ex-presidente da Vale na quinta-feira

O ex-presidente da Vale Fabio Schvartsman prestará esclarecimentos à CPI de Brumadinho na quinta-feira (21), às 9h. O requerimento para a convocação, assinado pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede–AP) e Otto Alencar (PSD-BA), foi aprovado no dia 13 de março.

Composta de 11 senadores titulares e 7 suplentes, a comissão parlamentar de inquérito do Senado apura as causas do rompimento da barragem na Mina Córrego do Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho (MG). Ocorrida em 25 de janeiro, a catástrofe deixou pelo menos 206 mortos e 102 desaparecidos, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

A convocação de Schvartsman é a primeira medida oficial adotada pela CPI. Ele foi designado pelo Conselho de Administração da Vale para o cargo de diretor-presidente da empresa em abril de 2017, mas está provisoriamente afastado do cargo desde 2 de março, por recomendação do Ministério Público e da Polícia Federal.

Na carta de afastamento, o executivo defendeu sua gestão dizendo que vem se dedicando a uma apuração independente dos fatos ocorridos em Brumadinho e que fez questão de atender a todas as demandas da imprensa e das autoridades. A força-tarefa que orientou o afastamento pediu ainda que Schvartsman e outros oito funcionários fossem proibidos de entrar em prédios ou instalações da mineradora, enquanto durarem as investigações.

Agência Senado

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *