16.5 C
Brasília
sexta-feira, agosto 19, 2022
spot_img

CASAMENTO ETERNO E FALSO!

Temer já salvou Bolsonaro com carta em 1999

O então deputado Jair Bolsonaro defendeu o fechamento do Congresso e precisou pedir desculpas para não ter o mandato cassado

Antônio Carlos Magalhães, que comandava o Senado, afirmou que Bolsonaro deveria ter o mandato cassado.

Michel Temer, então presidente da Câmara, saiu em defesa do deputado, entre outros motivos, para contrariar ACM. Ele achou uma intromissão o presidente do Senado dar palpite no seu território.

A solução encontrada por Temer foi que Bolsonaro escrevesse uma carta de retratação. No texto, recuou no tom da fala e pediu desculpas pelos “excessos”. O mandato não foi cassado.

Compartilhar

relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui