20.5 C
Brasília
terça-feira, maio 17, 2022
spot_img

Bolsonaro volta a subir tom: “Fraude está no TSE, para não ter dúvida”

Presidente da República criticou o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, que tem atuado contra a aprovação do voto impresso

Em interação com apoiadores nesta sexta-feira (9/7), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a ofender o ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, a quem chamou de “um imbecil”, e a subir o tom contra o que chama de “fraudes” se o atual sistema com urnas eletrônicas não for mudado para impressão do voto. O chefe do Executivo federal, sem qualquer prova, afirmou que a fraude “está no TSE”. Barroso é o atual presidente da Corte eleitoral.

“Pessoal, presta atenção. É sério o que vou falar aqui. Tem muita gente filmando, então tem repercussão. Lá atrás, no passado (tô com 66 anos), sempre se buscava aí fraudar de uma forma ou outra as eleições, no papel, botando mesário pra contar favorável a ele, anulando votos que interessavam… Porque é luta do poder. Hoje em dia, mudou. É de cima para baixo. A fraude está no TSE, para não ter dúvida.”

“Daí vem os institutos de pesquisa – fraudados também – botando ali o ‘9 dedos’ lá em cima. Pra quê? Pra ser confirmado com voto fraudável no TSE. Não estou culpando todos os servidores do TSE, mas a cabeça ali tem algo, porque eles não querem o voto auditável”, acusou o presidente.

Compartilhar

relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui