TvKajuru | Só Verdades

Compartilhar pelo whatsapp

Após reunião ministerial, Onyx diz que escolhas do 2º e 3º escalão serão técnicas

Postado por TVKajuru.com | 03/01/2019 às 07:59h

Chefe da Casa Civil afirma que foram verificadas movimentações financeiras e de nomeações e exonerações incomuns nas últimas semanas

 

 

BRASÍLIA — O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni , afirmou nesta quinta-feira após reunião de toda a equipe ministerial com presidente Jair Bolsonaro que o encontro foi um "realinhamento" do presidente com cada um dos ministros. De acordo com Onyx, as nomeações no segundo e no terceiro escalão terão caráter técnico.

 

- Foi decidido que nos vamos reproduzir no segundo e terceiro escalão o mesmo critério do primeiro, com escolhas técnicas - afirmou.

 

Ele ressaltou, contudo, que não há como manter na administração pessoas que tenham visões diferentes.

- Não há sentido um governo com o perfil que nós temos com pessoas que defendem outra lógica, outro sistema político e outra organização da sociedade - disse Onyx.

O ministro disse que Bolsonaro deu aval para que todos os titulares de pastas promovam exonerações em massa de funcionários comissionados, como o próprio Onyx já fez.

- Sobre o episódio da exoneração, a gente brincou em "despetização", o presidente gostou do exemplo e todos os ministros estão autorizados a dentro das suas pastas proceder de maneira semelhante e ajustada a cada uma das pastas. Esse conceito que temos de rever está perpassando todo o governo, até para desaparelhar e permitir que governo possa executar suas políticas - afirmou.

'Movimentações incomuns'

Vai ser feito também um pente-fino em todas as nomeações, transferências e movimentações financeiras realizadas nos últimos 30 dias da gestão de Michel Temer. Ele afirmou que foram detectadas movimentações "incomuns" e que cada ministro vai analisar o que ocorreu na sua área de atuação. O anúncio confirma a promessa de se rever logo no início da gestão os últimos atos do governo Temer.


Compartilhar em:


PUBLICIDADE