TvKajuru | Só Verdades

Compartilhar pelo whatsapp

Imprensa americana identifica homem retirado à força de avião nos EUA

Postado por TVKajuru.com | 11/04/2017 às 08:32h

Médico teve licença suspensa por fraude em receitas de substâncias controladas, diz jornal.

 

O passageiro que foi retirado à força de um avião da United Airlines antes da decolagem, por problema de overbooking, foi identificado nesta terça-feira (11) pela imprensa americana como David Dao, de 69 anos. De acordo com o "Courier Journal", há mais de 10 anos Dao foi detido e condenado por fraude em receitas de substâncias controladas. Enquanto sua licença estava suspensa, o médico participou de campeonatos de poker, e ganhou mais de US$ 234 mil, de acordo com o site "TMZ".

 

Um vídeo postado no Facebook (ASSISTA) no final da noite de domingo (10) mostra o incidente. O clipe mostra três homens usando equipamentos e coletes de segurança falando com o passageiro sentado no avião. Depois de alguns segundos, um dos homens agarra o passageiro, que grita e é arrastado pelos braços para a frente do avião. O vídeo termina antes que qualquer outra coisa seja mostrada.

Vídeo mostra homem sendo arrastado para fora de avião (Foto: Reprodução/Facebook/Audra Bridges) Vídeo mostra homem sendo arrastado para fora de avião (Foto: Reprodução/Facebook/Audra Bridges)Vídeo mostra homem sendo arrastado para fora de avião (Foto: Reprodução/Facebook/Audra Bridges)

Audra D. Bridges, que publicou o vídeo, contou, segundo o USA Today", que o homem ficou "muito chateado", disse que era médico e que precisava atender pacientes em um hospital pela manhã. O gerente avisou que a segurança seria chamada se ele não saísse voluntariamente e o homem disse que estava ligando para seu advogado.

 

De acordo com documentos analisados pelo "Courier Journal", Dao estudou medicina no Vietnã nos anos 1970, antes de se mudar para os Estados Unidos, onde trabalhava como pneumologista em Elizabethtown. O médico foi condenado por várias denúncias por fraude em novembro de 2004 e foi colocado em cinco anos de liberdade condicional superviosionada em janeiro de 2005. No mês seguinte, sua licença foi suspensa. O Conselho de Licença Médica do estado de Kentucky permitiu que ele voltasse a praticar medicina em 2015 sob certas condições, ainda de acordo com o jornal.

 

O site "TMZ" afirma que após perder sua licença, Dao passou a jogar poker e participou de campeonatos. Em 2009, ele ficou em segundo lugar em um campeonato no qual ganhou mais de US$ 117 mil. No total, seu perfil de jogador aponta para um ganho de mais de US$ 234 mil.


Compartilhar em:


PUBLICIDADE