TvKajuru | Só Verdades

Compartilhar pelo whatsapp

Caminhão atropela pessoas em Estocolmo; polícia fala em 4 mortos e 12 feridos

Postado por TVKajuru.com | 07/04/2017 às 10:48h

Serviço de segurança do país afirma que foi um atentado. 'A Suécia foi atacada. Tudo aponta para um atentado terrorista', disse primeiro-ministro; suspeito foi detido.

 

Um caminhão atropelou pedestres em uma importante rua do centro de Estocolmo, na Suécia, nesta sexta-feira (7). Quatro pessoas morreram e 12 ficaram feridas, segundo a polícia sueca.

 

O jornal sueco "Aftonbladet" afirma que uma das vítimas morreu no hospital, e que dos 12 feridos, nove estão em estado grave.

 

ACOMPANHE A COBERTURA DO ATAQUE EM TEMPO REAL

Serviços de segurança do país afirmam que se trata de um atentado, diz a France Presse. O primeiro-ministro, Stefan Löfven, fez uma breve declaração às 16 horas (11 horas, em Brasília), uma hora depois de a polícia ser acionada: "A Suécia foi atacada. Tudo aponta para um atentado terrorista".

 

Em pronunciamento oficial à população, mais tarde, Stefan Löfven, disse que “uma nação inteira está unida em luto e raiva após o ataque”, mas que “estamos determinados a nunca deixar os valores que estimamos serem enfraquecidos pelo ódio”.

 

“Nossa mensagem será sempre clara: vocês não nos derrotarão, não governarão nossas vidas, vocês nunca vencerão”, acrescentou.

 

Um homem foi preso no subúrbio de Marsta, no norte de Estocolmo, e reivindica a responsabilidade pelo ataque. Em entrevista coletiva, o chefe de polícia Jan Evensson confirmou que o homem foi identificado e que apresenta grande semelhança com o suspeito que aparece em uma foto apresentada mais cedo. Ele disse também que o verdadeiro motorista do caminhão ainda está sendo procurado.

 

A imprensa sueca diz que o suspeito seria um homem de 39 anos, de origem uzbeque, que trabalha com construção civil, tem quatro filhos e expressou "simpatia pelo Estado Islâmico", mas nada disso foi confirmado pela polícia.

 

A polícia havia divulgado uma foto do suspeito do ataque, que foi postada no Twitter da rádio pública sueca:

 

Mais tarde, a TV sueca, citando fontes da polícia, disse que um segundo suspeito, que tem conexão com o primeiro, foi detido no subúrbio de Hjulsta. A polícia, até o momento, não fez um anúncio oficial a respeito.

 

O "Aftonbladet" afirma que o caminhão usado no ataque estava sendo usado para fazer uma entrega de cerveja a um restaurante e foi roubado quando o motorista desceu do veículo para descarregar as bebidas. A ação teria acontecido muito rapidamente e sido executada por um homem com o rosto coberto.

 

Mancha de sangue é vista no asfalto após atropelamentos em Estocolmo (Foto: Per Haljestam/Reuters)

 

A polícia isolou a área e pediu que as pessoas evitem o centro da cidade. O serviço de metrô foi paralisado e a estação central de Estocolmo foi esvaziada. Além disso, a companhia nacional de trem da Suécia afirmou que todos os trens partindo ou chegando a Estocolmo foram cancelados pelo resto do dia devido ao ataque.

 

Policial usa mascara após caminhão colidir contra loja em Estocolmo, na Suécia, nesta sexta-feira (7)  (Foto: Jessica Gow, TT News Agency via AP) Policial usa mascara após caminhão colidir contra loja em Estocolmo, na Suécia, nesta sexta-feira (7)  (Foto: Jessica Gow, TT News Agency via AP)  

Policial usa mascara após caminhão colidir contra loja em Estocolmo, na Suécia, nesta sexta-feira (7) (Foto: Jessica Gow, TT News Agency via AP)

 

O incidente ocorreu perto de grandes lojas, na rua de pedestres mais frequentada da capital e uma das principais artérias da cidade, a Drottningatan, perto da esquina com a Rua Klarabergsgatan.

 

Em seu Twitter, a polícia afirmou que ainda não tem detalhes sobre o número de feridos e o estado de saúde deles.

 

Um vídeo postado no Twitter pela rádio pública sueca mostra o pânico na área no momento do atropelamento (veja abaixo).

 

Ekots reporter fångade kaoset efter att en lastbil kört in i folkmassa i centrala Stockholm http://sverigesradio.se/sida/artikel.aspx?programid=83&artikel=6669616 

 

As medidas de segurança nas fronteiras suecas serão reforçadas for pelo menos dez dias, podendo ser ampliadas por mais dez, aplicadas para todos que entrem e saiam do país, inclusive com destino a outros países da União Eutopeia. A polícia pede que nos próximos dias os cidadãos suecos, ao viajar, apresentem sempre o passaporte, não obrigatório, além do bilhete internacional de identidade que permite a livre circulação entre os países do bloco.

 

O rei i Carlos XVI Gustavo e a rainha Silvia da Suécia, que encerraram nesta sexta uma visita de quatro dias ao Brasil, divulgaram um comunicado oficial lamentando o ataque: "Eu e toda a família real fomos tristemente informados sobre o ataque desta tarde em Estocolmo. O cenário e a extensão deste incidente ainda não são conhecidos. Estamos acompanhando os desenvolvimentos, mas nossos pensamentos já estão com os afetados e com suas famílias", diz o texto assinado pelo rei.

 (Foto: Editoria de Arte/G1)  (Foto: Editoria de Arte/G1)  

(Foto: Editoria de Arte/G1)

Veículo bateu em rua comercial do centro de Estocolmo, na Suécia, nesta sexta-feira (7)  (Foto: Agency/Andreas Schyman/ Reuters) Veículo bateu em rua comercial do centro de Estocolmo, na Suécia, nesta sexta-feira (7)  (Foto: Agency/Andreas Schyman/ Reuters)  

Veículo bateu em rua comercial do centro de Estocolmo, na Suécia, nesta sexta-feira (7) (Foto: Agency/Andreas Schyman/ Reuters)

Det här är personen som polisen vill komma i kontakt med m.a.a. att en lastbil kört in i Åhléns. Vi sänder LIVE: http://t.sr.se/2p970f4 

 

Mais tarde, a TV sueca, citando fontes da polícia, disse que um segundo suspeito, que tem conexão com o primeiro, foi detido no subúrbio de Hjulsta. A polícia, até o momento, não fez um anúncio oficial a respeito.

O "Aftonbladet" afirma que o caminhão usado no ataque estava sendo usado para fazer uma entrega de cerveja a um restaurante e foi roubado quando o motorista desceu do veículo para descarregar as bebidas. A ação teria acontecido muito rapidamente e sido executada por um homem com o rosto coberto.


Compartilhar em:


PUBLICIDADE