TvKajuru | Só Verdades

Compartilhar pelo whatsapp

Adolescente perde 19 familiares em ataque químico na Síria

Postado por TVKajuru.com | 06/04/2017 às 01:39h

Bomba caiu em frente à casa do avô de Mazin Yusif, de 13 anos

 

ANCARA — Mazin Yusif, de 13 anos, é um sobrevivente do ataque químico na Síria. Mas sua vida nunca mais será a mesma: o adolescente perdeu 19 familiares no massacre, incluindo avô e primos.

 

O ataque químico na cidade síria de Khan Sheikhun, na província de Idlib, foi o segundo mais mortal desde o início da guerra no país. Ao todo, 70 pessoas foram mortas — entre elas 20 crianças — , num ataque que desatou uma onda de condenações e comoção em todo mundo.

 

Depois do bombardeio, Yusif foi levado para um hospital na cidade turca de Reyhanli, perto da fronteira com a Síria, onde também estão internadas a mãe e a avó do garoto.

 

— Às 6h30 da manhã houve um ataque aéreo — relatou à rede CNN Yusif, que tinha 7 anos quando começou a guerra na Síria. — Vi a explosão na frente da casa do meu avô, corri para lá e vi o meu avô sentado... sufocando. Então eu fiquei tonto.

 

Sem conter as lágrimas nos olhos, o adolescente, então, listou os familiares que perderam a vida no ataque da última terça-feira: avô, primos e muitos outros.

 

Segundo a avó de Yusif, depois que a bomba caiu em frente à sua casa, ela começou a enxergar em amarelo e azul.

— Engasgamos, sentimos tonturas e então desmaiamos. Famílias inteiras foram mortas.

 

Nesta quinta-feira, o ministro turco da Justiça afirmou que as autópsias realizadas na Turquia de vítimas do ataque confirmam o uso de armas químicas pelo regime de Bashar al-Assad, que nega a autoria da ação.

 


Compartilhar em:


PUBLICIDADE