TvKajuru | Só Verdades

Compartilhar pelo whatsapp

Limpeza de pele profunda: como funciona, onde fazer e benefícios

Postado por TVKajuru.com | 22/11/2015 às 08:26h

Limpeza de pele profunda: como funciona, onde fazer e benefícios
Limpeza de pele profunda: como funciona, onde fazer e benefícios

O jeito mais eficiente de ficar livre de impurezas, cravos, espinhas e evitar rugas precoces, estimular a renovação celular e combater o excesso de oleosidade é fazendo uma limpeza de pele profunda. Quando o procedimento é realizado por um profissional adequado, o resultado é uma pele mais bonita e com aspecto saudável.

 

Nossa pele produz secreção natural (sebo) e, com o acúmulo de impurezas causadas pela poluição e uso de maquiagem frequente, ela também acaba acumulando prejuízos ano após ano que vão danificando seu aspecto. Uma limpeza profunda e profissional tem ação antisséptica, anti-inflamatória, preventiva de comedões (cravos) e acnes, efeito cicatrizante e relaxante, além de melhorar a nutrição da pele, promover a estimulação do tecido e, consequentemente, o aspecto de uma pele mais macia, tonificada, com toque aveludado.

Como funciona

A limpeza de pele profunda serve para remover cravos, impurezas, células mortas e milium da pele, que se caracteriza pelo aparecimento de pequenas bolinhas brancas ou amareladas na pele, principalmente, do rosto. Ela deve ser feita de dois em dois meses, em peles normais e secas, e uma vez por mês em peles mistas, oleosas ou com cravos, seguindo os passos abaixo.

1. Limpeza
Podem ser usados desengordurantes, para ajudar a remover a oleosidade e algumas impurezas da pele.

2. Esfoliação
Nesta etapa, a camada mais superficial da pele e suas células mortas são removidas, facilitando a extração de cravos e impurezas dos poros.

3. Dilatação dos poros
A abertura de poros geralmente é feita com a aplicação de vapor de ozônio, que ajuda a amolecer a pele, facilitando a retirada de cravos e impurezas. Antes do vapor, pode ser aplicada também uma máscara para dar ainda mais emoliência.

4. Extração
Para extrair cravos, a ação pode ser manual, com gazes ou algodões embebidos em loções anti-sépticas, com ajuda de um sugador, ou até de uma microagulha, como no caso da extração de miliuns, quando é necessário romper a pele que cobre o cisto para drenar o conteúdo.

5. Alta-frequência
Após a extração completa dos cravos e miliuns, pode ser usado um aparelho de alta frequência que auxilia a pele a cicatrizar e relaxar.

6. Máscara calmante
Depois da extração de cravos e miliuns, é aplicada uma máscara, geralmente calmante, de acordo com o tipo de pele, durante cerca de 10 a 20 minutos, para ajudar a diminuir a vermelhidão e a acalmar a pele.

7. Hidratação
Depois de retirada a máscara, é aplicado um hidratante com filtro solar em forma de gel ou loção para não obstruir os poros.

Onde fazer?
A limpeza de pele profunda deve ser feita em clínicas profissionais de estética ou no consultório do dermatologista, e dura cerca de 1h a 1h30.

Contraindicação

A limpeza de pele profunda com extração não deve ser feita para remover espinhas, pois há perigo de lesão da inflamação. Além disso, pessoas com a pele muito sensível, com alergia, descamação ou rosácea não devem se submeter ao procedimento.

Cuidados após limpeza de pele profunda

Após a intervenção profunda é necessário ter alguns cuidado extra com exposição ao sol e uso de produtos ácidos, ou cremes muito oleosos nas primeiras 48 horas. É necessário dar preferência para produtos calmantes e cicatrizantes da pele.

Fonte | oanapolino.com

Compartilhar em:


PUBLICIDADE