TvKajuru | Só Verdades

Compartilhar pelo whatsapp

Suspeito é morto após ferir nove pessoas na Universidade de Ohio

Postado por TVKajuru.com | 28/11/2016 às 10:46h

Homem esfaqueou e atropelou as vítimas em campus localizado na cidade de Columbus. Abdul Razak Ali Artan era aluno da universidade.

 

homem foi morto a tiros pela polícia após ferir nove pessoas nesta segunda-feira (28) na Universidade Estadual de Ohio, na cidade de Columbus. O campus ficou isolado e em alerta, mas agora já está seguro, afirmou a instituição.

Segundo a polícia, o agressor atropelou propositalmente pedestres com um carro e em seguida esfaqueou algumas pessoas com uma faca de açougueiro. Inicialmente, a universidade informou que o homem havia disparado tiros, mas a polícia afirmou depois que não há indícios de uso de arma de fogo.

Corpo ensanguentado é visto fora do campus da Universidade Estadual de Ohio após o ataque desta segunda-feira (28) (Foto: Courtesy of Mason Swires/thelantern.com/Handout via REUTERS) Corpo ensanguentado é visto fora do campus da Universidade Estadual de Ohio após o ataque desta segunda-feira (28) (Foto: Courtesy of Mason Swires/thelantern.com/Handout via REUTERS)
 

Corpo ensanguentado é visto fora do campus da Universidade Estadual de Ohio após o ataque desta segunda-feira (28) (Foto: Courtesy of Mason Swires/thelantern.com/Handout via REUTERS)

 

Em uma entrevista coletiva, a diretora de segurança pública escolar Monica Moll informou que o agressor era Abdul Razak Ali Artan, um aluno do campus. O motivo do ataque ainda é desconhecido, de acordo com Moll.

Segundo a Associated Press, uma autoridade envolvida no caso identificou Ali Artan como um jovem nascido na Somália que vivia legalmente nos EUA como residente. A fonte não tem autorização para discutir publicamente detalhes do caso e falou na condição de anonimato.

Mais cedo, a emissora NBC afirmava, citando fontes da polícia, que se trata de um estudante de 18 anos refugiado da Somália e residente permanente nos EUA. Segundo o veículo de comunicação, ele deixou seu país com sua família em 2007, viveu no Paquistão e depois chegou aos EUA em 2014 como um residente permanente.

Carro é isolado pela polícia ao responder a um ataque nesta segunda-feira (28) no campus da Universidade Estadual de Ohio (Foto: AP Photo/John Minchillo) Carro é isolado pela polícia ao responder a um ataque nesta segunda-feira (28) no campus da Universidade Estadual de Ohio (Foto: AP Photo/John Minchillo)
 

Carro é isolado pela polícia ao responder a um ataque nesta segunda-feira (28) no campus da Universidade Estadual de Ohio (Foto: AP Photo/John Minchillo)

Entre as pessoas que receberam atendimento, uma se encontra internada em estado crítico. A situação das demais é estável.

"As lesões das vítimas incluem ferimentos por faca, pelo motor de um veículo e outras lesões estão sendo avaliadas", escreveu a universidade em um comunicado.

A universidade foi cercada depois que foi detectada a presença do agressor. A polícia afirma que chegou em menos de um minuto, atirou e matou o suspeito.

 

Em uma entrevista coletiva, a diretora de segurança pública escolar Monica Moll informou que o agressor era Abdul Razak Ali Artan, um aluno do campus. O motivo do ataque ainda é desconhecido, de acordo com Moll.

Segundo a Associated Press, uma autoridade envolvida no caso identificou Ali Artan como um jovem nascido na Somália que vivia legalmente nos EUA como residente. A fonte não tem autorização para discutir publicamente detalhes do caso e falou na condição de anonimato.

Mais cedo, a emissora NBC afirmava, citando fontes da polícia, que se trata de um estudante de 18 anos refugiado da Somália e residente permanente nos EUA. Segundo o veículo de comunicação, ele deixou seu país com sua família em 2007, viveu no Paquistão e depois chegou aos EUA em 2014 como um residente permanente.

Carro é isolado pela polícia ao responder a um ataque nesta segunda-feira (28) no campus da Universidade Estadual de Ohio (Foto: AP Photo/John Minchillo) Carro é isolado pela polícia ao responder a um ataque nesta segunda-feira (28) no campus da Universidade Estadual de Ohio (Foto: AP Photo/John Minchillo)
 

Carro é isolado pela polícia ao responder a um ataque nesta segunda-feira (28) no campus da Universidade Estadual de Ohio (Foto: AP Photo/John Minchillo)

Entre as pessoas que receberam atendimento, uma se encontra internada em estado crítico. A situação das demais é estável.

"As lesões das vítimas incluem ferimentos por faca, pelo motor de um veículo e outras lesões estão sendo avaliadas", escreveu a universidade em um comunicado.

A universidade foi cercada depois que foi detectada a presença do agressor. A polícia afirma que chegou em menos de um minuto, atirou e matou o suspeito.


Compartilhar em:


PUBLICIDADE