TvKajuru | Só Verdades

Compartilhar pelo whatsapp

Ouça a transcrição e entenda porque a nova prisão de cachoeira abala Marconi;

Postado por TVKajuru.com | 02/07/2016 às 05:22h

Alvo da Operação Saqueador, da Polícia Federal, Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi preso na quinta-feira, 30, em Goiânia. Ao lado de outros empresários, Cachoeira é acusado de desviar dinheiro de obras públicas em pagamentos a empresas de fachada. A nova prisão de Cachoeira, quatro anos após a deflagração da Operação Monte Carlo, causa enorme apreensão entre integrantes do governo de Goiás, sobretudo no governador Marconi Perillo (PSDB), que tenta projetar sua imagem nacionalmente.

 

A prisão de Cachoeira pode implicar diretamente políticos goianos. A Polícia Federal mapeou a ação da construtora Delta, entre 2007 e 2012, e descobriu a lavagem de mais de R$ 370 milhões com pagamentos a empresas que só existiam de fachada. Não há como não fazer conexão com o que foi descoberto na Operação Monte Carlo. Empresas de fachada ligadas a Cachoeira pagaram até profissionais que trabalharam na campanha de Marconi Perillo, em 2010. Além disso, a ação de Cachoeira sempre foi majoritariamente em Goiás.

 

As investigações da PF já chegaram a nomes de políticos que receberam propina no esquema da Delta, mas haverá uma investigação paralela sobre esses nomes envolvidos e, por isso, nenhum nome foi divulgado. Outra possibilidade real de atrapalhar os planos dos integrantes do Palácio das Esmeraldas é com uma possível delação premiada de Carlinhos Cachoeira, algo que não ocorreu ao final da Operação Monte Carlo.

 

De qualquer forma, mesmo tarde da noite, as luzes do Palácio permaneciam acesas. No meio político, há uma certeza: Se Cachoeira abrir a boca, muito pouco da estrutura de Poder existente hoje em Goiás sairá ilesa.

Fonte | Goias Real

Compartilhar em:


PUBLICIDADE