Kajuru relata desigualdades e pede valorização da mulher


Nesta sexta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) destacou a grande desigualdade entre homens e mulheres que persiste no Brasil. Apesar de serem 51,6% da população, exemplificou o senador, elas ocupam menos de 15% dos assentos do Senado. Para Kajuru, é preciso evoluir, não só no campo político.

— É fundamental a valorização da mulher, sobretudo nos tempos atuais. Parece que regredimos aos tempos da caverna, tal o grau da irracionalidade masculina, que tem como uma de suas vertentes a agressão covarde à figura feminina. Basta acompanhar o noticiário cotidiano para atestar o quanto a estupidez tem tomado conta dos homens na sua relação com as mulheres. O que se vê são exemplos de atos nascidos de uma mentalidade ultrapassada, em que o homem se julga superior e vê a mulher como propriedade, que pode ser tratada como ele bem entender.

O parlamentar ressaltou que o Brasil é um país “perigoso para as mulheres”. Para ele, elas nunca estão a salvo de violência, seja no espaço particular ou no espaço público. Ele lembrou que nos últimos anos, várias foram as medidas legais criadas para dar proteção às mulheres, como a Lei Maria da Penha (Lei 11.340, de 2006), que qualificou como crime a violência doméstica e a alteração do Código Penal, em 2015, para prever o feminicídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio e incluí-lo no rol dos crimes hediondos (Lei 13.104, de 2015).

— Acredito que nós, legisladores, devemos pedir desculpas à nação e às mulheres por ainda não termos contribuído para a criação de um marco regulatório que leve à gestação de uma nova cultura de respeito e valorização da mulher, origem da vida. Eu só vou ser um humano feliz no dia em que trocarmos este Dia Internacional da Mulher, 8 de março, para o dia do fim da violência contra a mulher.

Agência Senado

Compartilhe

One thought on “Kajuru relata desigualdades e pede valorização da mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *