O NOCAUTE DO KAJURU!

Quando falo que o sujeito ético ainda poderá ser linchado neste Brasil, cada vez mais vazio e inculto, ou quando digo que tenho nojo do futebol fora de campo, que torço contra a Seleção de Teixeira, muitos me esculhambam.

Este era para ser um fim de semana na rodada do Brasileirão, onde todos os clubes deveriam entrar em campo com faixas de apoio e de vida longa ao ex-craque, Dr. Sócrates.

Que se não jogou aqui ou acolá, ele jogou por todos nós brasileiros. Diferentemente de hoje, defendeu cada camisa com amor e idealismo, além de ter lutado por causas nobres deste mesmo futebol “podre” fora das quatro linhas.

Pois é! O Flamengo ignorou o momento que vive o Doutor, e o Corinthians, onde ele mais jogou (exceto pequena parte da torcida, com apoios em faixa individuais, e jamais das torcidas organizadas) não entrou em campo com nenhuma faixa, por total decisão rancorosa, menor, peçonhenta, de um bandido chamado Andrés Sanchez, já criticado sem adjetivos, pelo Dr. Sócrates.

Certamente, esse ordinário chamado Andrés, deve achar que ele nunca vai estar um dia , numa UTI. Vai sim! Mas sofrerá uma diferença: não receberá apoio nem de cachorro vira-lata!

Só faço aqui uma bela exceção, que veio por parte do povo brasileiro, orando, fazendo corrente e dando show de calcanhar em solidariedade.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

4 Responses to O NOCAUTE DO KAJURU!

  1. edson de souza disse:

    do lancenet, Aproveitamento do Timão com Alex e Danilo juntos cai quase 30%

    Em 12 jogos com apenas um deles, Timão obteve 77,7%. Quando ambos iniciaram a partida, percentual despenca para 50%. Tite, enfim, admite mudança…

    Alex, individualmente, vem jogando bem. Porém, ao lado de Danilo, o aproveitamento da equipe é ruim

    Rodrigo Vessoni
    Publicada em 22/08/2011 às 07:31
    São Paulo (SP)

    Contra o Figueirense, o Corinthians voltou a jogar no 4-2-3-1, com Danilo e Alex titulares. E, assim como ocorreu nos primeiros 45 minutos diante do Atlético-MG, a equipe atuou mal, sendo marcado com facilidade pela equipe catarinense que, além de não tomar, ainda fez no contra-ataque.

    Com Emerson no lugar de Welder e Willian na vaga de Danilo, a equipe cresceu no 2 tempo, pressionou, criou chances. O empate não saiu por erros de finalização. Mas parece que Tite se tocou…

    Na entrevista coletiva após a derrota, a segunda dentro de casa, o treinador admitiu a necessidade de mudança tática, de encontrar uma nova alternativa para armar sua equipe.

    – É necessário ter mais equilíbrio, melhorar a criação ofensiva e defensiva e criar alternativas a mais, formas diferentes de atuar – confessou.

    Na sequência, o comandante do Timão tentou explicar por que não tomou tal atitude com mais antecedência. Na verdade, colocou culpa na maratona de jogos da equipe, que atuou na última quarta-feira, em Minas Gerais, e voltou à campo no sábado, diante do Figueirense em casa.

    – Do último jogo, foram menos de 72 horas de diferença. Precisamos readquirir o ritmo normal dos atletas. O Liedson, por exemplo, mesmo com o retorno antecipado, atuou no jogo inteiro porque preciso de um goleador. Mas é necessária a retomada física do plantel para que sejam retomadas as alternativas – afirmou.

    DANILO E ALEX = QUEDA
    Os números costumam comprovar, de maneira fria, situações positivas e negativas que se vêem dentro de campo. Em relação à presença simultânea de Alex e Danilo na equipe titular, os números mostram que o Corinthians caiu de produção.

    Com apenas um dos meias como titular – Danilo, na maioria das vezes –, o Timão disputou 12 partidas no Brasileirão. O aproveitamento foi de 77,7%, após nove vitórias, um empate e duas derrotas.

    Após a lesão de Liedson, que operou após a vitória sobre o Botafogo – última da sequência inicial de nove vitórias e um empate –,Tite foi obrigado a mudar a equipe. Num primeiro momento, com Emerson e Willian revezando na frente. Depois, com Alex na equipe titular. E aí veio o problema…

    Com dois meias, a equipe caiu. E os números mostram. Foram duas vitórias, três empates e uma derrota com Danilo e Alex juntos. O aproveitamento caiu quase 30% (veja abaixo). Detalhe: na segunda vitória, Tite deixou os dois, mas pôs Sheik e alterou o sistema: 4-2-2-2.

    TIMÃO COM DANILO OU ALEX – 77,7%

    Grêmio (V)
    Coritiba (V)
    Flamengo (E)
    Fluminense (V)
    São Paulo (V)
    Bahia (V)
    Vasco (V)
    Inter (V)
    Botafogo (V)
    Cruzeiro (D)
    Avaí (D)
    América-MG (V)

    TIMÃO COM OS DOIS MEIAS – 50%

    Atlético-GO (V)
    Atlético-PR (E)
    Santos (E)
    Ceará (E)
    Atlético-MG (V)
    Figueirense (D)

    BATE-BOLA

    Alex, camisa 12 do Timão, titular da equipe há seis jogos (ao lado de Danilo)

    ‘Sistema ainda pode dar certo’

    A equipe voltou a não jogar bem. Como vê a possibilidade de uma troca do sistema, sem dois meias?
    Agora que perdemos, dizem que não dá certo. Mas antes era possível se os dois se dispusessem a se movimentar e mudar um pouco de posição, como estamos fazendo. Ainda pode dar certo o esquema.

    Você estaria disposto a trocar de função para permanecer no time?
    Se precisar, troco de posição para colaborar com o time, sem problema nenhum. Mas eu creio que sempre poderei colaborar um pouco mais se atuar dentro das minhas características. E cada jogador tem características que se adaptam a determinada posição no campo.

    Você, com toda experiência que adquiriu, teria coragem de chegar no treinador e pedir para alterar o sistema da equipe que não está dando certo? Ou isso não se faz?
    É complicado um jogador ir ao treinador para pedir uma mudança de posição, mesmo que isso seja para a melhora da equipe. É difícil
    viu kajuru

  2. Jefferson disse:

    Kajuru, tive o privilégio de assistir a um jogo do Dr. Sócrates. Era em Limeira, contra a Inter. Eu era pequeno e na época havia uma promoção das pilhas Ray-o-vac, onde quem aparecesse com a pilha e uma camisa amarela, ganhava algum tipo de desconto, não me lembro o que era. O que me lembro é que saiu uma puta briga e muita gente armada com pilha…eu tava doente e meu pai (parmeirense) teve que descer a arquibanda correndo comigo no colo. Que Deus ajude o nosso Dr. em sua recuperação.

  3. Chico Estevam disse:

    BOA KAJURU!!! SOU SÃO-PAULINO E APESAR DE SÓCRATES SER ÍDOLO DO NOSSO ARQUI-RIVAL NESSAS HORAS A GENTE DEIXA A PAIXÃO PELO FUTEBOL DE LADO E SE SOLIDARIZA COM ESTE CRAQUE DA BOLA, HONESTO, ÍNTEGRO E DE CARÁTER EXEMPLAR. COMO VOCÊ BEM DISSE ELE SEMPRE JOGOU COM AMOR ÀS CAMISAS QUE VESTIU E PRINCIPALMENTE, HONROU AS CORES DO BRASIL COM MUITO PATRIOTISMO SEMPRE QUE VESTIU A “AMARELINHA”. O CLUBE DO PARQUE SÃO JORGE TEM POR HÁBITO SE ESQUECER DE SEUS ÍDOLOS DO PASSADO MESMO. ISSO É LAMENTÁVEL! QUANTO AO ANDRÉS, ESTÁ DE OLHO NA CBF, QUERENDO SER SUCESSOR DO TEIXEIRA. SE COM O TEIXEIRA O FUTEBOL FORA DAS QUATRO LINHAS ESTÁ ASSIM, COMO VOCÊ QUE FICARIA O FUTEBOL BRASILEIRO COM O ANDRÉS NO COMANDO DA CBF? ABRAÇOS KAJURU E QUE O DR. SÓCRATES TENHA UMA PRONTA RECUPERAÇÃO, ESTAMOS TODOS TORCENDO POR ELE PELO EXEMPLO DE ESPORTISTA QUE SEMPRE FOI.

    • Celso disse:

      Sou sãopaulino e já me irritei muito com o Socrates contra o São Paulo, mas sou fã de carteirinha dele, principalmente pela copa de 82 e torço muito por ele, tor~ço pra que logo ele saia dessa, mas acho que o Corinthians tinha que entrar em campo com uma fiaxa os outros times acho que não, agora a torcida do corinthians deixou a desejar mesmo, a do São Paulo sempre que pode homenageia nosso eterno idolo..Tele Santana, acho que a diretoria do corinthians faz questão que os jovens de hj não conheçam o Socrates e por isso a torcida acabou sendo fria nessa hora

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>