Quando eu erro, volto atrás e sei pedir desculpas, orgulhosamente. Foi um mal entendido, uma fofoca maldosa. O meu amigo Tite, técnico do Corinthians, em minuto algum disse que se recusaria dar entrevista ao meu programa “Kajuru Pergunta”, através de ninguém e muito menos de seu correto assessor. Portanto, me perdoem, Tite e Andrés Sanchez, por tê- los ofendido essa semana, sem necessidade e injustamente. Eu deveria ter sido minimamente educado e respeitoso a nação Corinthiana, que eu sempre tive mutuamente a melhor relação. Quantas vezes ela gritou meu nome nos estádios. Ultimamente, o que pinta de gente torpe querendo me jogar contra outros e até instituições… São pessoas que não aceitam minha felicidade atual. Culpa minha de dar ouvidos a qualquer um. A todos no Timão, de coração, me desculpem!

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *